segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Beto irá à posse de Dilma

Todos os chefes de Estado irão à posse de Dilma Rousseff no sábado. O governador eleito Beto Richa irá para Brasília logo após a cerimônia da sua posse, marcada para sábado (1), às 10 horas.

A cerimônia da posse de Dilma Rousseff está prevista para começar às 14h10, em frente à Catedral Metropolitana de Brasília.

Cohapar: dossiês e auditoria do TCE marcam fim do governo

Quem anda pelos corredores da Cohapar respira o ar do conflito entre a turma de Roberto Requião e Orlando Pessuti. Uma sindicância feita contra Doático Santos e João Arruda pelo uso da máquina para fins eleitorais, está sendo revidada com um dossiê sobre uso de diárias aos finais de semana e aumentos salariais dos atuais dirigentes.

Se soma a isto tudo a ação do Tribunal de Contas do Paraná, que está fazendo uma devassa na Cohapar, e por isso descobriu mais algumas novidades. É que todos os recursos repassados pelo governo federal para construção de moradias não é contabilizado na Cohapar.

Foi aberta uma conta conjunta entre CEF e a SEFA-Secretaria de Estado da Fazenda, e todos os gastos com a construção de moradias são pagos diretamente da conta conjunta aos fornecedores de materiais sem nenhuma licitação. E pior: quem compra os materiais são os presidentes de associações de moradores em conjunto com os chefes regionais da Cohapar, escolhendo empresas “amigas”. Segundo informações extra-oficiais existe uma grande diferença nos valores dos materiais e nas quantidades proporcionalmente ao metro quadrado construído.

Afora este “esquema” o TCE investiga a existência de duas folhas de pagamento na Cohapar. A oficial e a paralela, onde alguns ex-diretores e atuais recebem salários acima do que é permitido por lei. Imagina o que virá a publico depois que os novos dirigentes do órgão assumirem nos próximos dias.

Luciano Ducci em 2º no ranking nacional de prefeitos do Datafolha



Luciano Ducci ficou em segundo lugar no ranking nacional de prefeitos do Instituto Datafolha de dezembro. O prefeito de Curitiba ficou com nota geral 6,5. O primeiro colocado, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, ficou com nota 6,6.

Veja o ranking Datafolha:

1º) Marcio Lacerda (PSB) – Belo Horizonte – Nota 6,6

2º) Luciano Ducci (PSB) – Curitiba – Nota 6,5

3º) José Fortunati (PDT) – P. Alegre – Nota 5,9

4º) Eduardo Paes (PMDB) – Rio – Nota 5,8

5º) Gilberto Kassab (DEM) – S. Paulo – Nota 5,4

6º) João da Costa (PT) – Recife – Nota 5,4

7º) João Carneiro (PMDB) – Salvador – Nota 4,5

8º) Luizianne Lins (PT) – Fortaleza

Inaugurada a Delegacia do Idoso que imediatamente fechou

Há pouco, com pompa e as formalidades de praxe, o ilustríssimo governador inaugurou a “Delegacia do Idoso” de Curitiba, anexa ao Terceiro Distrito nas Mercês. Com direito a presença e discursos acalorados das “otoridades”, ilustrando a importância da proteção e do tratamento diferenciado aos idosos, blá, blá, blá….

“Ocorre que, mal as câmeras e os microfones foram desligados e as “otoridades” se retiraram A DELEGACIA FOI FECHADA!!! Simplesmente esvaziou-se, não tem nenhum funcionário lá para atender os idosos! Quem duvidar, é só passar lá pra ver”, diz um membro da corporação.

Ele prossegue: “Isso é, no mínimo., uma palhaçada, ou melhor, a população sendo feita de palhaço. TODOS os idosos que procuram uma delegacia em Curitiba (a do lado de sua casa, por exemplo) estão agora sendo “encaminhados” para a “Delegacia do Idoso”; muitos atravessam a cidade e, ao chegar, encontram a delegacia FECHADA! Só abriu para a inauguração e, ao que me consta, sequer tem uma equipe de funcionários definida.”

“Os idosos que lá aparecem tem a única opção de fazer um Boletim de Ocorrência no Terceiro Distrito (que poderia ter sido feito naquela delegacia, do lado de sua casa), com a promessa que, futuramente, será encaminhado à fictícia “Delegacia do Idoso” Não acredita, então peça à Secretaria de Segurança a relação de funcionários da “Delegacia do Idoso”.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Luciano Ducci anuncia Marcello Richa na Secretaria do Esporte e Juventude

O prefeito Luciano Ducci anunciou nesta quarta-feira (22) que Marcello Richa será o novo secretário do Esporte e Juventude. Marcello Richa, 25 anos, acadêmico de Direito, substituirá a Rudimar Fedrigo.

"Marcello Richa tem como grande qualidade a capacidade de mobilização de pessoas em torno de um objetivo comum. Essa qualidade vai ser decisiva no trabalho dele à frente da Secretaria do Esporte e Juventude", disse Luciano Ducci.

O prefeito disse que Marcello Richa terá como uma de suas missões contribuir na articulação da cidade em projetos como a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 e a nas Olimpíadas de 2016. "A cidade buscará atuar na formação de quadros para as Olimpíadas e se preparar com força total para a Copa. Marcello Richa vai se somar a nossa equipe nestes projetos."

O futuro secretário disse que terá como uma das metas trazer mais competições mundiais para a cidade. "Curitiba terá a Copa 2014, recentemente abrigou o Mundial de Caratê. Vamos trabalhar para termos mais competições de alto nível, que colocam a cidade na vitrine esportiva e servem de estímulo para crianças e jovens se dedicarem ao esporte", disse Marcello Richa.

Para Marcello Richa, a ampliação do trabalho conjunto com outras secretarias, principalmente com a Secretaria da Educação, é fundamental. "O prefeito Luciano Ducci quer, principalmente nos bairros, uma grande participação de crianças e jovens nas atividades esportivas, nos Clubes da Gente, nos futuros Centros da Juventude, e em qualquer espaço onde a prática esportiva seja possível. Criança no esporte fica longe de atividades nocivas."


OAB quer consenso contra a greve e diz que intervenção da Anac é essencial




O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, afirmou hoje (22) que vê com preocupação a ameaça de paralisação dos aeronautas e aeroviários prevista para amanhã (23) nos principais aeroportos do país. Ophir exortou as companhias aéreas e os funcionários a buscarem um consenso ainda hoje e considerou essencial a intervenção efetiva do governo federal, através da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para viabilizar o transporte e superar o impasse. "A Anac precisa garantir que as empresas aéreas respeitem as escalas de trabalho, contratem mais trabalhadores e paguem melhor os funcionários. Esse é o papel da Anac que, infelizmente, não vem sendo exercido como deveria".

Para Ophir Cavalcante, a Anac deve ter um papel mais incisivo nessa negociação, pois, uma vez deflagrada a greve, haverá um prejuízo incalculável para a sociedade. "A última coisa que se deseja neste momento é um novo caos aéreo no país. A Anac não vem exercendo bem o papel de fiscalizadora das empresas, o que acaba redundando no descumprimento de obrigações trabalhistas e sociais, das escalas de trabalho e gerando insatisfação por parte da classe trabalhadora", acrescentou.

Ainda segundo o presidente da OAB, ao lado do direito constitucional de fazer greve dos aeronautas e aeroviários, há também o direito da sociedade de ver respeitados os contratos firmados com as companhias aéreas. "Essa é uma época em que as famílias se reúnem. Uma greve neste período seria extremamente danosa para a coletividade".

 

ÁRVORE DE NATAL DE US$ 11 MILHÕES VIRA ATRAÇÃO EM HOTEL DE ABU DHABI


A árvore de Natal de mais de US$ 11 milhões (cerca de R$ 18,8 milhões) virou atração turística no Hotel Emirates Palace de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Segundo o gerente do hotel, Hans Olbertz, a árvore de 13 metros conta com 131 ornamentos natalinos que incluem ouro e pedras preciosas, entre elas diamantes e safiras. A árvore é a mais recente extravagância do hotel, que possui sua própria marina, heliponto e uma máquina que vende barras de ouro.
Luciano Ducci veta lei que previa o fechamento de ruas


O prefeito Luciano Ducci vetou nesta terça-feira (21) o projeto de lei que previa o fechamento, com cancelas, de ruas sem saída. “O Plano Diretor estabelece princípios de convivência na cidade. Em respeito ao Plano Diretor, e seguindo pareceres técnicos e jurídicos, optei pelo veto à proposição”, disse Luciano Ducci. “A cidade precisa ser maior que os seus desafios.”

A proposição número 005.00232.2007 previa autorização para o fechamento do tráfego de veículos nas ruas residenciais sem saída, cabendo o fechamento a uma iniciativa dos moradores de tais trechos de ruas.

Parecer da Procuradoria Geral do Município (PGM) identificou inconstitucionalidade no projeto de lei. A Constituição Federal prevê que municípios tenham um Plano Diretor. Dessa forma, é competência do Executivo fazer leis que tratem do Plano Diretor.

O tráfego nas ruas sem saída ficaria restrito aos veículos de moradores e visitantes autorizados, como em um condomínio. O fechamento da rua poderia ser feito com portão, guarita, cancela, correntes ou similares.

O parecer da PGM também afirma que isso seria inconstitucional: “…as ruas se caracterizam como bens públicos de uso comum do povo, pertecem ao domínio estatal, mas o seu titular é o povo e o Estado atua como um gestor para fiscalizar, vigiar e garantir sua utilização comum”, diz o parecer.

Scarpellini entra com recursos contra diplomação de Requião e Arruda

José Domingos Scarpellini, ex-deputado estadual, entrou com dois recursos no TRE pedindo a anulação da diplomação de Roberto Requião como senador, e de seu sobrinho João Arruda, como deputado federal.

O advogado de Scarpellini é Nilso Sguarezi, que acredita piamente que seus pedidos serão atendidos.




Secretaria Antidrogas de Curitiba atendeu mais de 233 mil pessoas em 2010




Os programas de prevenção, cursos preparatórios e palestras educativas da Secretaria Antidrogas Municipal atingiram um público de mais de 233 mil pessoas em 2010. O resultado deste ano confirma a evolução do trabalho e ampliação da área de atuação da Secretaria desde sua criação em 2008. No primeiro ano, pouco mais de 40 mil pessoas foram beneficiadas e, em 2009, cerca de 137 mil.

“Estamos oferecendo todas as condições para a realização de um trabalho de prevenção ao uso e abuso de substâncias psicoativas em todas as regiões da cidade”, diz o prefeito Luciano Ducci.

Somente através das operações especiais, a Secretaria monitorou ao longo deste ano 24 eventos, com público estimado em mais de 119 mil pessoas. Com o auxílio de câmeras e cães farejadores, a Secretaria atuou na prevenção ao comércio de drogas em eventos de grande porte, como festas de música eletrônica (raves), feiras e shows. Nessas operações também foram distribuídos informativos sobre prevenção às drogas e à violência.

Outra iniciativa da Antidrogas levou diversão e informações a mais de 38 mil crianças. Através do programa Cão Amigo, foram promovidas nas escolas municipais apresentações com cachorros adestrados.

Já o programa Bola Cheia, que desenvolve atividades ligadas ao esporte, lazer, cultura e cidadania, nas sextas-feiras e sábados, das 21h à 1h, contou com a participação de mais de 41 mil crianças e adolescentes.

No projeto Papo Legal, os participantes interagem e trocam informações sobre os prejuízos causados pelo uso e abuso de substâncias psicoativas. Em 2010, foram realizadas 174 ações com 12.364 participantes.

A unidade móvel da Secretaria levou a Caravana do Bem – oficinas itinerantes de dança, música, teatro e artes plásticas – a todas as regiões da cidade e ajudou na educação de mais de 9,2 mil moradores de áreas carentes.

Em 2010, a Secretaria Antidrogas Municipal contribuiu ainda para a geração de renda e do primeiro emprego para jovens em situação de risco. Através do Movimento Poty foram oferecidos cursos e oficinas de informática e web design, com orientações para cidadania, preservação do meio ambiente e prevenção ao uso de drogas.

Com a ajuda de um programa de computador, a Secretaria está gerenciando dados da Rede de Colaboração Curitibana e Metropolitana, que são encaminhados para os órgãos competentes (Polícias Civil, Militar e Federal e Ministério Público). Este serviço auxilia também na implantação de ações e projetos voltados à prevenção e combate ao tráfico de drogas.

Além de Curitiba, o trabalho da Secretaria Antidrogas está presente em outros cinco municípios paranaenses através de parcerias.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Luciano Ducci anuncia novos secretários municipais



O prefeito Luciano Ducci anunciou nesta terça-feira (21) os novos secretários municipais de Educação, Defesa Social, Antidrogas, Recursos Humanos e Assuntos Metropolitanos, além dos presidentes da Fundação de Ação Social e do Instituto Curitiba de Informática, o novo diretor de Transporte da Urbs, e novos administradores das Regionais Cajuru e Portão. Outra novidade é a criação da Secretaria Especial Municipal de Relações com a Comunidade. Dos 11 novos gestores, dez já pertencem à administração municipal.

“O objetivo é sempre valorizar os profissionais que já mostraram sua competência dentro da administração”, disse Luciano Ducci. “Os novos gestores têm um perfil altamente técnico e já trabalham em sintonia com nosso modelo de administração, o que garante uma continuidade da excelência nos serviços e ações em prol da cidade e da população.”

Nazir Abdalla Chain na Secretaria da Defesa Social



Na área de Segurança, Luciano Ducci optou por um remanejamento nas funções, também com aproveitamento de gestores que já fazem parte da administração. O atual secretário Antidrogas, Nazir Abdalla Chain, responderá pela Secretaria da Defesa Social, no lugar de Marcus Michelotto, que será delegado chefe da Polícia Civil do Paraná.

Nazir Chain é agente especial da Polícia Federal, formado pela Academia Nacional de Polícia (Brasília), ingressou no Departamento de Polícia Federal em 1985. Cedido pelo Ministério da Justiça e pelo Departamento de Polícia Federal em junho/2008 para a Prefeitura Municipal de Curitiba, auxiliou na criação da Secretaria Antidrogas Municipal de Curitiba, onde exerceu o cargo de Diretor de Planejamento e Operações. Em 2009 assumiu a Superintendência da Secretaria Antidrogas, onde foi promovido a secretário em abril de 2010.
Hamilton José Klein na Antidrogas


Para substituir Chain na Antidrogas, Luciano Ducci convidou para retornar à Prefeitura o agente da Polícia Federal Hamilton José Klein, secretário de Defesa Social de Fazenda Rio Grande.

Na Prefeitura de Curitiba, Hamilton José Klein foi Diretor de Inteligência da Secretaria Antidrogas, de maio de 2008 a fevereiro de 2010. Na Polícia Federal ele atuou na área de inteligência no combate e repressão a entorpecentes. Foi chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes do Departamento de Polícia Federal no Estado do Espírito Santo e chefiou Escritórios de Inteligência Policial da Polícia Federal no Acre e em São Paulo.

Marry Salette Dal Prá Ducci será a presidente da Fundação de Ação Social (FAS)


A médica de carreira da Prefeitura Marry Salette Dal Prá Ducci será a presidente da Fundação de Ação Social (FAS), em substituição a Leandro Meller. Marry, casada com o prefeito Luciano Ducci, é servidora da Secretaria Municipal de Saúde desde 1986. Ela é médica pediatra com especializações em Pneumopediatria e em Saúde Pública.

Marry iniciou suas atividades na Prefeitura como pediatra na unidade de saúde Pró–Morar Barigui. Foi autoridade Sanitária na Unidade de Saúde Xaxim durante sete anos. Atuou na Divisão de Controle do Sistema Único de Saúde – SUS de 1992 a 1993 e posteriormente na Superintendência da Secretaria Municipal de Saúde. Foi diretora-geral do Hospital Oswaldo Cruz de 1995 a 1997.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Romanelli secretário, Stephanes na Mesa da Assembleia




Acaba de ser resolvido o impasse do PMDB. Luiz Cládio Romanelli será secretário do Trabalho e Reinhold Stephanes fará parte da mesa diretiva da Assembleia. Assim, fechou a composição da mesa que terá representatnes de todos os partidos e blocos, com uma única exceção, o PT.

Fruet aceita Secretaria mas só assume em fevereiro



Gustavo Fruet aceitou a Secretaria de Desenvolvimento Regional que lhe dará visibilidade no próximo governo. Mas só assumirá em 1º de fevereiro, quando termina seu mandato de deputado federal.

Aviso aos navegantes: o acordo não inclui desistência de concorrer à Prefeitura de Curitiba em 2012.
Beto fecha acordo com o Ministério Público


Foi mais fácil do que parecia. O Ministério Público acaba de fechar o acordo com o futuro governo sobre a cota que lhe cabe no orçamento do ano que vem. Agora, sai a votação do próprioa às 11h00.

Beto se entende com o Judiciário.
Agora, o Ministério Público

As dificuldades de entendimento entre o futuro governo de Beto Richa e o Judiciário sobre o orçamento do ano que vem estão sanadas. Ontem, as partes chegaram a um acordo saudável para as finanças e republicano na fórmula.


Agora, resta a queda de braço com o Ministério Público, que também pede além das possibilidades do Tesouro. Esta, asseguram os observadores, será uma negociação mais difícil.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Maria Tereza Uille Gomes cotada para a Secretaria de Justiça


Diante do impasse entre os grupos de Cascavel, a Secretaria de Justiça poderá ficar com uma ex-Procuradora Geral de Justiça, Maria Tereza Uille Gomes.

Maria Tereza iniciou a carreira como Promotora substituta em Jacarezinho, em 1987. Atuou também como titular na Comarca de entrância inicial de Jaguapitã, nas intermediárias de Pitanga e Cambé e, ainda, na final de Londrina, antes de chegar à Curitiba.

Foi Presidente da Associação Paranaense do Ministério Público por quatro períodos (1999 a 2001, 2001 a 2002, 2005 a 2007 e 2007 a 2009). Por duas vezes foi Vice-Presidente para a região Sul do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais do Ministério Público (CNPG), durante sua gestão como procuradora-geral de Justiça.

No MP-PR, foi a primeira mulher e a primeira Promotora de Justiça a ocupar a chefia da instituição.


Fernando Guimarães é eleito o novo presidente do TC


 
O conselheiro Fernando Augusto Mello Guimarães foi eleito o novo presidente do Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR). Na tarde desta quinta-feira (9), ele foi escolhido por unanimidade pelos outros conselheiros do tribunal.

Esta é a primeira vez que um servidor de carreira assume a presidência do TC. Guimarães ficará no cargo no biênio 2011-2012 e substitui o conselheiro Hermas Brandão que está na presidência desde o início do ano passado.

Além de Guimarães, Artagão de Mattos Leão foi escolhido como o novo vice-presidente do tribunal e Nestor Baptista será o corregedor-geral.



Marcello Richa pode assumir Secretaria do Esporte de Curitiba



Marcello Richa, filho do governador eleito Beto Richa (PSDB), está sendo cotado para assumir a Secretaria Municipal de Esportes de Curitiba.

Marcello Richa é presidente estadual da Juventude Tucana do Paraná.

Segundo informações, o prefeito Luciano Ducci (PSB) já teria comunicado o atual titular da pasta, Rudimar Fedrigo, sobre a possível substituição.



Beto Richa anuncia superintendente do Porto de Paranaguá e diretores do Detran e do Lactec



Na foto, da esquerda para a direita: Airton Maron (APPA), Marcos Traad (Detran) e Omar Sabbag (Lactec)

O governador eleito do Paraná, Beto Richa, anunciou na manhã desta quinta-feira (9) os nomes de mais três integrantes de sua equipe de governo.

O engenheiro civil Airton Maron, funcionário do Porto de Paranaguá há 31 anos, será o novo superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA). Marcos Traad, funcionário público do Estado desde 1984, será o novo diretor do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran PR) e o engenheiro e vereador Omar Sabbag será o diretor superintendente do Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento (Lactec).

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

DIA DA JUSTIÇA


"A todos aqueles que lutam incansavelmente na busca da tão almejada Justiça, recebam meus sinceros cumprimentos.
Que as dificuldades enfrentadas no dia a dia, sirvam de estímulos para vencermos as adversidades que nos são apresentadas"

Jorge Pilotto

Dia 08 de dezembro - Dia da Justiça.
GOVERNO BETO RICHA 2011/2014
EQUIPE DE GOVERNO



Cassio Taniguchi — PLANEJAMENTO

Engenheiro eletrônico formado pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica.
Um dos responsáveis pela implantação da Cidade Industrial de Curitiba nos anos 1970, foi diretor-presidente da Urbs, empresa de Urbanização de Curitiba, e presidente Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba. Nos anos de 1995/96 foi secretário de Estado do Planejamento. Foi prefeito de Curitiba por dois mandatos, entre 1997 e 2004. Natural de Paraguaçu Paulista (SP), tem 69 anos

Durval Amaral — CASA CIVIL

Advogado, foi vereador e vice-prefeito de Cambé, chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Fazenda, consultor Técnico da Secretaria de Estado da Fazenda, secretário de Estado do Trabalho e Ação Social (1992 a 1994) e presidente do Conselho Estadual da Criança e Adolescente. Em 1990, foi eleito deputado estadual e, desde então, reeleito sucessivamente. Natural de Londrina, tem 51 anos.

Faisal Saleh — TURISMO

Empresário em Foz do Iguaçu, fundou o Instituto Polo Internacional Iguassu, que reúne instituições para fomentar a integração e o desenvolvimento da região da fronteira. Participou da criação e da direção do Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, do Iguassu Convention & Visitors Bureau, da Câmara de Comercio Paraguaio- Americana e do Centro de Importadores e Comerciantes Del Alto Paraná, entre outras insituições ligadas à integração e ao turismo. Nasceu em Ponta Grossa, tem 51 anos.

Fernanda Richa — FAMÍLIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Bacharel em Direito, presidiu a Fundação de Ação Social (FAS) de Curitiba (2005-2008 e 2009-2010), o Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, o Conselho Municipal da Assistência Social e o Conselho Deliberativo do Fundo Municipal de Apoio ao Deficiente (FAD). Foi vice-presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa de Curitiba. Nasceu em Curitiba, tem 47 anos.

Fernando Ghignone — SANEPAR

Formado em Administração de Empresas pela Faculdade de Administração e Economia da Universidade Católica do Paraná. Foi Secretario da Cultura, Esporte e Turismo do Estado do Paraná (1983-1986), secretário de Atividades Sócio Culturais do Ministério da Cultura (1986). Presidente da Embrafilme S.A. (1987-1988) e secretário Municipal de Comunicação Social de Curitiba (2005). É diretor de Transportes da URBS S.A., em Curitiba. Natural de Curitiba, tem 60 anos.

Flávio Arns — EDUCAÇÃO

Vice-governador eleito, Flávio Arns é formado em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Mestre em Letras pela UFPR e Ph.D. em Lingüística, pela Universidade Northwestern, EUA. Foi eleito deputado federal em 1991, reelegeu-se em 1994 e 1998. Em 2002, elegeu-se senador e, no Senado, foi presidência da Comissão de Educação, Cultura e Esporte e da Subcomissão da Pessoa com Deficiência. Natural de Curitiba, tem 60 anos.

Ivan Bonilha — PGE

Advogado (UFPR 1989), mestre em Direito do Estado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foi conselheiro estadual da OAB/PR e membro consultor da Comissão de Assuntos Legislativos do Conselho Federal da OAB. Ex-Procurador Geral do Município de Curitiba, integrou o conselho do Instituto dos Advogados do Paraná e foi vice-presidente do Fórum dos Procuradores gerais das capitais. Natural de São Paulo (SP), tem 46 anos.

Jacson Carvalho Leite — CELEPAR

Administrador de empresas, foi secretário executivo e presidente do Conselho Estadual de Informática e Informações (CEI), presidente da Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge) e assessor para Assuntos Institucionais da Companhia de Informática do Paraná. É diretor-presidente do Instituto Curitiba de Informática (ICI). Nasceu em Foz do Iguaçu, tem 58 anos.

Jonel Nazareno Iurk — MEIO AMBIENTE

Natural de Ponta Grossa, é engenheiro civil, mestre em Ciência do Solo. Tem experiência na área de meio ambiente, com ênfase em conservação da natureza e desenvolvimento sustentado, atuando principalmente nos seguintes temas: ecoturismo, unidades de conservação, gestão ambiental e licenciamento ambiental. Foi superintendente do Ibama no Paraná entre 1995 e 1999. Tem diversos trabalhos técnicos sobre meio ambiente publicados. Tem 55 anos.

José Richa Filho — INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA

Engenheiro civil pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, pós-graduado pela Sociedade Paranaense de Ensino e Informática. Foi diretor administrativo e financeiro do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), do Paraná e diretor administrativo-financeiro da Agência de Fomento do Paraná S.A. Foi secretário Municipal de Administração da Prefeitura de Curitiba. Natural de Londrina, tem 46 anos.

Lindolfo Zimmer — COPEL

Engenheiro mecânico e economista (UFPR), com pós-graduação em administração industrial, é servidor público concursado da Copel desde 1965. Foi diretor de Marketing (2000-2003), diretor de Operação (1995-1999), diretor de Engenharia e Construções (1979-1982), presidente do Comitê de Gestão da Copel Telecomunicações e Copel Transmissão, membro do Comitê de Gestão da Copel Geração e Copel Distribuição, gerente da Divisão de Manutenção Mecânica da Diretoria de Operação, gerente da Divisão de Engenharia Mecânica da Diretoria de Engenharia e Construção, entre outros cargos de gerência e direção na empresa. Natural de Canoinhas (SC), tem 68 anos.

Luiz Carlos Hauly — FAZENDA

Formado em Economia e Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina, foi vereador e prefeito de Cambé, secretário de Estado da Fazenda (1987 a 1990) e presidente do Conselho de Administração do Banco do Estado do Paraná. Em 1991, foi eleito deputado federal e, desde então, reeleito sucessivamente. Natural de Cambé, tem 60 anos.

Luiz Eduardo Sebastiani — ADMINISTRAÇÃO

Economista graduado pela Universidade Federal do Paraná (UFPr), cursou mestrado em Teoria Econômica na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Servidor público estadual do Ipardes, desde 1981. Foi presidente do Conselho Regional de Economia do Paraná, representante do Paraná no Conselho Federal de Economia e diretor de Transporte da URBS. É secretário municipal de Finanças de Curitiba e preside a Associação Brasileira de Secretários de Finanças das Capitais (Abrasf) . Natural de Curitiba, tem 50 anos.

Luiz Tarcisio Mossato Pinto — IAP
Natural de Jacarezinho, desde 1984 é funcionário público de carreira do Instituto Ambiental do Paraná, onde trabalha na área de licenciamento e fiscalização ambiental na região do Norte Pioneiro. Coordenou os Estudos de Impacto Ambiental das usinas termelétricas de Figueira e Canoas 1 e 2. Contabilista, foi chefe do escritório regional do IAP em Jacarezinho Tem 44 anos.

Mounir Chaowiche — COHAPAR
Natural de Joaquim Távora, Norte Pioneiro. Administrador de empresas com especialização em consultoria empresarial e gestão pública. Funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal, onde foi gerente e superintendente em diversos municípios do Paraná. Presidiu a Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), de 2006 a 2010. Natural de Joaquim Távora, tem 49 anos.

Michele Caputo Neto — SAÚDE

Farmacêutico, servidor público da Secretaria de Estado da Saúde desde 1985. Foi chefe de gabinete da Fundação Nacional de Saúde, chefe da Vigilância Sanitária Estadual, diretor geral do Centro de Medicamentos do Paraná e diretor dos Órgãos Produtores de Insumos e Imunobiológicos da Secretaria de Estado da Saúde. No Município de Curitiba, foi duas vezes Secretário Municipal de Saúde. É Secretário Municipal de Assuntos Metropolitanos. Natural de Maringá, tem 48 anos.

Norberto Anacleto Ortigara — AGRICULTURA E ABASTECIMENTO

Economista e técnico agrícola, desde 1979 é funcionário público de carreira da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, onde foi pesquisador, analista de mercado, diretor, diretor geral e secretário adjunto. Foi membro dos Conselhos de Administração da EMATER-PR, do CEASA-PR, da CLASPAR e da CODAPAR. Desde 2006, é secretário municipal do Abastecimento de Curitiba. Nasceu em Seberi (RS), tem 55 anos.

Paulino Viapiana — CULTURA

Jornalista pós-graduado em Marketing. Foi diretor da sucursal de Brasília da revista Veja, secretário de redação do jornal Folha de S. Paulo, diretor de Comunicação e Relações Institucionais na TIM Celular Sul, coordenador de Marketing na Secretaria de Estado da Comunicação Social e assessor de Comunicação e Marketing da Telepar. É presidente da Fundação Cultural de Curitiba. Nasceu em Antônio Prado (RS), tem 50 anos.

Reinaldo de Almeida Cesar — SEGURANÇA PÚBLICA

Natural de Ponta Grossa, é delegado de Polícia Federal, bacharel em Direito, pós-graduado em segurança Pública. Presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal. Foi chefe da divisão de cooperação internacional da PF e responsável pelo escritório central da Interpol no Brasil. Trabalhou no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. Foi advogado e professor de Direito Penal na UFPR, chefe de Gabinete do Governador do Paraná e Secretário de Administração e Negócios Jurídicos da Prefeitura de Ponta Grossa. Tem 45 anos.

Ricardo Barros — INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Engenheiro civil, foi prefeito de Maringá (1989-1993), vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná e membro do Conselho Superior de Infra-Estrutura da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Em 1994, foi eleito deputado federal e, desde então, reeleito sucessivamente. Em 2010, recebeu 2.190.539 votos para o Senado. Nasceu em Maringá, tem 51 anos.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

DEPUTADO ESTADUAL NEY LEPREVOST REALIZA O 14º NATAL DA SOLIDARIEDADE


Vejam as fotos do Natal da Solidariedade do ano passado. Este ano estaremos realizando a 14ª edição desta festa da cidadania onde levamos brinquedos e livros para mais de 6 mil crianças carentes.
Acessem  o link http://www.facebook.com/home.php?#!/neyleprevost
Surpresa. Taniguchi no Planejamento

Cassio Taniguchi será o novo secretário do Planejamento.

Engenheiro eletrônico formado pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica.

Um dos responsáveis pela implantação da Cidade Industrial de Curitiba nos anos 1970, foi diretor-presidente da Urbs, empresa de Urbanização de Curitiba, e presidente Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba. Nos anos de 1995/96 foi secretário de Estado do Planejamento. Foi prefeito de Curitiba por dois mandatos, entre 1997 e 2004. Natural de Paraguaçu Paulista (SP), tem 69 anos

por www.fabiocampana.com.br
Faisal Saleh no Turismo, Viapiana na Cultura

Faisal Saleh será secretário do Turismo.

Empresário em Foz do Iguaçu, fundou o Instituto Polo Internacional Iguassu, que reúne instituições para fomentar a integração e o desenvolvimento da região da fronteira. Participou da criação e da direção do Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu, do Iguassu Convention & Visitors Bureau, da Câmara de Comercio Paraguaio- Americana e do Centro de Importadores e Comerciantes Del Alto Paraná, entre outras insituições ligadas à integração e ao turismo. Nasceu em Ponta Grossa.

Paulino Viapiana será o secretário de Cultura.

Jornalista pós-graduado em Marketing. Foi diretor da sucursal de Brasília da revista Veja, secretário de redação do jornal Folha de S. Paulo, diretor de Comunicação e Relações Institucionais na TIM Celular Sul, coordenador de Marketing na Secretaria de Estado da Comunicação Social e assessor de Comunicação e Marketing da Telepar. É presidente da Fundação Cultural de Curitiba. Nasceu em Antônio Prado (RS), tem 50 anos.

por www.fabiocampana.com.br
Reinaldo de Almeida César, de Ponta Grossa, será o secretário de Segurança Pública

Acabou o suspense. Reinaldo de Almeida César será o secretário de Segurança Pública de Beto Richa. Delegado da Polícia Federal. Reinaldo é filho de Djalma de Almeida César, que foi deputado e candidato a prefeito de Ponta Grossa.

Reinaldo foi secretário municipal da Prefeitura de Ponta Grossa. Tem o apoio de todas as correntes políticas da cidade. Hoje, ele preside a Associação nacional de Delegados da Polícia Federal.

por www.fabiocampana.com.br
Fernanda Richa secretária da Família, Ricardo Barros, de Indústria e Comércio

Beto Richa vai anunciar ainda hoje os seguintes secretários: Fernanda Richa será secretaria da Família e Assistência Social; Ricardo Barros será secretário de Indústria e Comércio e Jonel Yurk será secretário do Meio-Ambiente.

Luiz Tarcísio Mossato Pinto, do Norte Pioneiro, funcionário de carreira, será o presidente do IAP.

Jonel Yurk no Meio Ambiente. Tarciso Pinto no IAP

Jonel Yurk será secretário do Meio-Ambiente. Luiz Tarcísio Mossato Pinto, do Norte Pioneiro, funcionário de carreira, será o presidente do IAP.

Natural de Ponta Grossa, é engenheiro civil, mestre em Ciência do Solo. Tem experiência na área de meio ambiente, com ênfase em conservação da natureza e desenvolvimento sustentado, atuando principalmente nos seguintes temas: ecoturismo, unidades de conservação, gestão ambiental e licenciamento ambiental. Foi superintendente do Ibama no Paraná entre 1995 e 1999. Tem diversos trabalhos técnicos sobre meio ambiente publicados. Tem 55 anos.

Tarcisio Mossato Pinto presidirá o IAP. Natural de Jacarezinho, desde 1984 é funcionário público de carreira do Instituto Ambiental do Paraná, onde trabalha na área de licenciamento e fiscalização ambiental na região do Norte Pioneiro. Coordenou os Estudos de Impacto Ambiental das usinas termelétricas de Figueira e Canoas 1 e 2. Contabilista, foi chefe do escritório regional do IAP em Jacarezinho Tem 44 anos.

SENADO APROVA MUDANÇAS NO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL

Entre alterações está redução de recursos e fim de prisão especial. Proposta segue agora para análise da Câmara dos Deputados

07/12/2010  21:33 G1/Globo.com

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (7), em segundo turno, um projeto que faz diversas alterações no Código de Processo Penal. O projeto, relatado pelo senador Renato Casagrande (PSB-ES), foi debatido com diversos especialistas e tem como objetivo acelerar o trâmite dos processos judiciais na área penal. A proposta,que está sendo chamada de “Novo Código de Processo Penal”, segue agora para a análise da Câmara dos Deputados.

Uma das medidas aprovadas é a redução do número de recursos. Atualmente, por exemplo, os advogados podem apresentar vários embargos de declaração sobre o mesmo caso. Esses recursos não visam alterar a decisão judicial, mas apenas esclarecer pontos da decisão. Com o novo código, só será permitido apresentar um recurso desse tipo em cada instância.

O projeto também separa o juiz que trabalha na fase de investigação do juiz que fará efetivamente o julgamento do caso. A intenção é evitar a “contaminação” do magistrado pelo processo. O magistrado que atua na parte de investigação passará a ser chamado de juiz de garantias. Esse juiz poderá atuar fora de sua comarca, ampliando a área de atuação do magistrado.

O novo código permite ainda a aplicação de medidas mais relativas do que a prisão ou a libertação do suspeito ou criminoso. O juiz passará a ter no escopo de suas possibilidades a prisão domiciliar, o monitoramento eletrônico e a suspensão de atividades profissionais, por exemplo. O texto também prevê o fim da prisão especial para quem tem curso superior ou foro privilegiado. Somente para magistrados o privilégio é mantido porque o tema está em outro tipo de legislação.

Na votação desta terça-feira foram incluídas no projeto mais de cem emendas. Uma delas cria a figura do administrador judicial de bens sequestrados. Outra emenda altera prazos para a instrução de processos propostas pelo novo código.

Um recuo feito pelo relator foi em relação ao habeas corpus. Na primeira versão do projeto ele propunha várias alterações nesse mecanismo, mas após conversas com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e autoridades do Supremo Tribunal Federal (STF), Casagrande decidiu não fazer alterações sobre o tema.

 
Luciano Ducci destaca avanços da educação em 2010



O prefeito Luciano Ducci destacou nesta terça-feira (7) os avanços da educação em Curitiba durante encontro de gestores das escolas da rede municipal de ensino. "É muito importante uma reunião como a de hoje para avaliarmos o ano e também comemorarmos os resultados positivos de 2010 Pela terceira vez consecutiva, tivemos o melhor Ideb entre as capitais", disse Luciano Ducci.

Cerca de 1.600 profissionais, entre diretores, vice-diretores, professores, pedagogos e coordenadores administrativos das 179 escolas municipais participaram do encontro.

Durante o evento, no Restaurante Madalosso, em Santa Felicidade, foi lançado o 2º livro Memória da Rede Municipal de Ensino, uma parceria entre a Secretaria Municipal da Educação e a Fundação Cultural de Curitiba.

Durante o encontro também foram detalhados o planejamento da Educação para 2011. "Será um ano bem importante, teremos eleição de diretores. Será um ano de muitas expectativas e de muitas realizações também", disse a secretária municipal da Educação, Eleonora Bonato Fruet.

Livro

O 2º volume da série Memória da Rede Municipal de Ensino de Curitiba tem por finalidade resgatar a história da educação municipal, por meio de relatos de profissionais que estiveram à frente das grandes transformações pelas quais foram se construindo os alicerces político-pedagógicos da educação do município.

"Esse livro registra a caminhada da educação municipal de Curitiba", explicou a presidente do Conselho Municipal de Educação, Everly Marques Canto. O vereador Jair Cézar também participou do encontro.

Educação Infantil

Nesta segunda-feira (6), também foi realizado um encontro com gestores dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) de Curitiba. Estiveram presentes representantes dos 87 CMEIs conveniados com a Prefeitura. Em 2010, foram criados 12 CMEIs novos e outros 11 foram ampliados. Isso gerou 2.480 novas vagas na educação infantil.

Para 2011, está prevista a construção de 13 novos CMEIs. Outras duas creches estão em processo de licitação para ampliação. Ao todo serão mais 2.710 vagas.
A SECRETARIA ANTIDROGAS MUNICIPAL, realiza neste sábado (11/12), a partir das 09:00 hs, na Universidade Positivo, o "II TORNEIO INTER-REGIONAL DE FUTSAL" do Programa "BOLA CHEIA".

A Secretaria Municipal Antidrogas - SAM foi criada pela Lei Municipal nº 12.667/08 de 04/04/2008 e o Dec. nº 309/08 de 08/04/2008, com a incumbência de articular ações de prevenção ao uso indevido de drogas e a reinserção social de dependentes, bem como estabelecer parcerias com órgãos públicos responsáveis pela repressão ao tráfico de drogas, dentro da esfera municipal, com as seguintes atribuições: gerenciar, em parceria com a Secretaria Municipal da Defesa Social, o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania - PRONASCI, do Ministério da Justiça, na elaboração e execução de projetos voltados ao combate da criminalidade; realizar parceria com demais órgãos municipais para execução de projetos direcionados à prevenção ao uso indevido de drogas, especialmente nas escolas; desenvolver sistemas de inteligência para colaborar com outros órgãos públicos na repressão ao tráfico de drogas; desenvolver projetos sociais de prevenção ao uso de drogas, com esporte, cultura e lazer, nos horários críticos e em áreas sob a influência do tráfico de drogas; implantação de programas de prevenção ao uso indevido de substâncias psicoativas e de reinserção social, além de cooperar com ações e operações de repressão ao tráfico.

Nesta vertente implantou o Programa Bola Cheia, iniciado em junho/2008, que hoje já atende às nove regionais do Município e que trata da prevenção ao uso indevido de drogas, através de práticas esportivas coletivas e individuais, tendo como principal modalidade o futsal, seguido do vôlei e do basquete, e jogos como xadrez, tênis de mesa, jogo da velha, trilha, dama, ludo e futebol de botão. Esse projeto é diferenciado pelo horário de sua prática, ocorrendo às sextas e sábados das 21h à 01h, tendo como finalidade a atração de jovens em situação de risco e de vulnerabilidade social.

Vale lembrar que quando do lançamento do programa nas nove regionais de Curitiba, contou-se com a presença de membros da diretoria e atletas dos clubes de futebol desta Capital, inclusive com a doação de brindes.

Os resultados obtidos pelo programa em 2008, foram de 16.502 (dezesseis mil, quinhentos e dois) participantes, com 621 (seiscentos e vinte e um) cadastros; Em 2009, o programa recebeu 27.361 (vinte e sete mil, trezentos e sessenta e um) participantes, com 779 (setecentos e setenta e nove) cadastros; Em 2010, até o mês de agosto, foram contabilizados 27.593 (vinte e sete mil, quinhentos e noventa e três) participantes, com 368 (trezentos e sessenta e oito) cadastros, sendo que a estimativa/meta para o ano de 2010 é de 40.000 (quarenta mil) participantes e 720 (setecentos e vinte) cadastros.

Além disso, os jovens e adolescentes que participam do programa, bem como suas famílias recebem acompanhamento do núcleo dos Centros de Referência de Assistência social - CRAS da FAS nas Regionais, para levantamento e assistência social às famílias dos participantes do Bola Cheia, como também recebem acompanhamento pela Secretaria de Saúde do Município, através do “PAIS” – Programa de Acompanhamento de Indicadores Sociais, tudo em conformidade com o previsto no Convênio nº 18.559.

Levantamentos preliminares apontam expressiva redução da violência nas regiões de abrangência do projeto, da ordem de 40%. Segundo dados fornecidos pela Guarda Municipal, no quesito “perturbação do sossego”, houve forte diminuição neste item, com queda de 65%.

Além disso, alguns alunos que deixaram de frequentar a Escola a noite, participantes no EJA (Educação de Jovens e Adultos), retornaram às aulas motivado, segundo eles, pelo Programa Bola Cheia.

Banco conclui apuração de fraude de R$ 100 mi na assembleia do PR

Nove funcionários do HSBC foram demitidos e 19 contas fechadas. Três diretores da assembleia estão presos por suspeita de desvios.

Do G1, em São Paulo

O diretor de relações institucionais do HSBC, Hélio Duarte, entregou na segunda-feira (6) ao Ministério Público (MP) o resultado de uma sindicância interna que apura o desvio de mais de R$ 100 milhões da Assembleia Legislativa do Paraná. Os recursos públicos foram desviados com um esquema que utilizava cheques em branco e a nomeação de funcionários fantasmas.

A suspeita de desvios foi divulgada em março deste ano. A investigação do MP aponta que eram usados atos secretos para nomear funcionários fantasmas. Três ex-diretores da Assembleia Legislativa do Paraná estão presos e sendo julgados.

A nomeação de funcionários fantasmas era uma das estapas da corrupção, que contava com irregularidades no gerenciamento e saque de dinheiro de contas ligadas à funcionários da assembleia. De acordo com as investigações do HSBC, laranjas assinavam cheques em branco, que depois eram preenchidos e descontados por terceiros. Os cheques ficavam no cofre de uma agência bancária responsável pela folha de pagamento dos funcionários da assembleia.

Além de guardar os cheques nos cofres, os funcionários envolvidos não identificavam as pessoas que faziam os saques. O banco demitiu nove funcionários e anunciou outras medidas: “cancelamento das 19 contas que foram utilizadas para movimentos irregulares e determinou a revisão dos procedimentos, reforçando, sendo mais rigoroso para que isso não aconteça novamente”, explicou Duarte.

“Mesmo que um cheque esteja assinado pelo titular da conta, endossado pelo titular da conta, se uma pessoa difente vem ao banco para retirar em dinheiro ela tem que ser claramente identificada”, disse.

Entre as 19 contas fechadas estavam a das agricultoras Jermina Leal e da filha, Vanilda. Elas foram incluídas irregularmente como funcionárias da assembleia, mas nunca trabalharam no local. Quando o esquema foi denunciado foram localizados R$, 1,6 milhões depositado na conta das agricultoras entre os anos de 2004 e 2009.

Nota

Veja abaixo a nota do banco sobre a sindicância:

“O HSBC confirma, por meio de sua Assessoria de Imprensa, que desligou nove funcionários da área de varejo bancário no último dia 12 de novembro por conduta irregular caracterizada pelo não cumprimento de normas internas relacionadas com a movimentação de 19 contas correntes em Curitiba.

Esse foi é o principal resultado da sindicância interna em resposta ao pedido de informações pelas autoridades competentes que estão investigando denúncias de suposto desvio de recursos públicos na Assembléia Legislativa do Paraná.

A sindicância apurou que não houve irregularidade na abertura das contas correntes dos servidores da Assembléia, comprovou que era verdadeira a documentação utilizada na abertura das contas e não identificou participação irregular de seus funcionários neste procedimento.

Essa conclusão coloca o HSBC na condição de vítima de ação deliberada de terceiros supostamente para usar ilegalmente as contas correntes abertas com documentação verídica.

O HSBC decidiu não divulgar o nome dos funcionários desligados. A sindicância não encontrou indícios de responsabilidade criminal dos funcionários desligados ou de que tenham recebido qualquer vantagem ilícita.

O HSBC encaminhou as informações disponíveis às autoridades públicas competentes.

Em decorrência da sindicância e dos desligamentos, o HSBC reforçou normas e procedimentos de controle de abertura e de movimentação de contas correntes.

A política interna do HSBC não tolera conduta irregular e falta de ética de seus funcionários. Os contratos de trabalho de funcionários de conduta incompatível com os valores éticos da instituição serão descontinuados.

A Diretoria Executiva do HSBC tomou conhecimento desses fatos em meados deste ano por meio de reportagens da TV RPC e do jornal Gazeta do Povo, do Paraná, buscando imediatamente elementos para dar respostas ao pedido de informações feitos pelas autoridades responsáveis pelas investigações.”
Osmar completa seis meses de mudez no Senado



O senador Osmar Dias completa nesta semana seis meses sem fazer um único pronunciamento da tribuna do Senado. De acordo com o site oficial da institução, a última vez que Osmar pediu para fazer um discurso ocorreu em 9 de junho deste ano.


Osmar também não pediu sequer um aparte durante discursos de colegas desde abril.

A página de Osmar no Senado mostra também que, mesmo depois das eleições, o senador não retomou a apresentação de projetos ou proposições de qualquer tipo. Também nesse caso, há mais de seis meses Osmar não tem novidades.

A única movimentação de proposições registrada sob o nome dele desde junho é uma retirada de projeto. Ele desistiu do projeto 378, que propunha mudanças no Código Penal.

Segundo o site, nos últimos seis meses, o paranaenses teria apenas relatado duas propostas de colegas.

O mandato de Osmar no Senado acaba apenas em dois meses. Mas tudo indica que o senador está realmente cansado e abatido com a derrota nas eleições estaduais.

via http://www.fabiocampana.com.br/
Caríssimos,

Após um tempo afastado das postagens no blog, retomamos o expediente para doravante divulgarmos informações jurídicas e políticas de interesse de todos.

Atenciosamente,

Jorge Pilotto

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Bola Cheia completa dois anos e festeja o talento de Murilo, que vai jogar na França

Neste fim de semana, o programa Bola Cheia, da Secretaria Antidrogas Municipal, comemorará com festa os dois anos de atividades do programa. Hoje (4), às 21h, o garoto Murilo Gabriel Limas Sena, de 12 anos, irá se despedir dos amigos que fez na Escola Municipal Sidônio Muralha, na CIC, onde participa dos jogos de futebol do programa. Murilo passará uma semana em Calais, norte da França, para disputar um torneio e ser avaliado por "olheiros" do futebol francês.

"Espero trazer a taça para o Brasil", diz Murilo, que fará parte do time de 14 meninos brasileiros que disputarão o campeonato na categoria pré-mirim. Ele treina na JB Esportes, unidade curitibana da escolinha do São Paulo Futebol Clube, de onde partiu o convite para viajar à França. E complementa a prática esportiva com os colegas do Bola Cheia. "Eu moro na Cidade Industrial e estudava na escola Sidônio Muralha quando ouvi falar do Bola Cheia, já fiz muitos amigo por causa do programa".

O programa oferece atividades esportivas e recreativas às sextas-feiras e aos sábados, das 21h à 1h, para jovens que moram em áreas consideradas de risco nas nove administrações regionais da Prefeitura. Em dois anos, já fez mais de 40 mil atendimentos e conseguiu uma turma fiel de participantes: cerca de 1 500 jovens frequentam assiduamente as atividades.

Murilo é um deles. Ele começou a freqüentar o programa desde sua implantação na CIC. Vai até à escola nas noites de sexta-feira e de sábado acompanhado pelo pai, José Sena. "Ele é considerado um exemplo para os outros garotos, e ao participar da brincadeira, motiva muitos meninos a procurar uma atividade esportiva e buscar um bom futuro. Isso nos deixa orgulhosos", contou José, ao lado da mulher, Célia Lima Sena, mãe de Murilo.

O secretário Antidrogas Municipal, Nazir Abdalla Chain, afirma que o programa é bem-sucedido por conseguir resgatar a autoestima das crianças e dos adolescentes. "Alguns desses jovens não tinham nenhuma opção de lazer. Com o Bola Cheia, em vez de estarem nas ruas, perto das drogas e da violência, eles podem praticar a atividade que gostam e fazer novas amizades".

As principais modalidades praticadas no Bola Cheia são futebol, vôlei e basquete, e também jogos de mesa, como xadrez, tênis de mesa, jogo da velha, trilha, dama, ludo e futebol de botão.

Novidades também cativam participantes. No ano passado, o Bola Cheia passou a oferecer atividades circenses, sessões de filmes, teatro de fantoches e o 1º Torneio Inter-Regional Bola Cheia, que reuniu os times de futebol das nove regionais. Participaram 300 atletas e 1.500 espectadores, e a Regional Cajuru foi a campeã em todas as categorias.


Unidades do programa Bola Cheia:

Centro de Educação Integral Bela Vista do Paraíso, no Santa Cândida

Escola Municipal Sidônio Muralha, na CIC

Centro de Educação Integral Maria Marli Piovezan, no Uberaba

Centro de Educação Integral Maestro Bento Mossurunga, no Alto Boqueirão

Escola Municipal Anita Merhy Gaertner, em Santa Felicidade

Escola Municipal Dona Pompília, no Tatuquara

Centro de Educação Integral Carlos Drummond de Andrade, no Sítio Cercado

Centro de Educação Integral Expedicionário, no Novo Mundo

Centro de Esporte e Lazer Plínio Tourinho, no Jardim Botânico






quinta-feira, 8 de abril de 2010

Richa e Alckmin, a dupla certa

O grão-tucanato tem nas mãos pesquisas que rendem duas certezas: Beto Richa (foto), no Paraná, e Geraldo Alckmin, em São Paulo, ganham os governos no primeiro turno.

Tô nem aí

Daí o não esforço do presidente Lula em mandar resolver as coligações nestes estados, para desespero de Osmar Dias (PDT-PR) e Mercadante (PT-SP).

Informe JB – Jornal do Brasil

quarta-feira, 7 de abril de 2010

No trecho, Richa amplia a base em Campo Largo

Beto Richa está no trecho. E reunindo gente para ouví-lo. Foram 600 pessoas na Churrascaria Quinta, ontem à noite, em Campo Largo, na filiação ao PSDB do ex-vice-prefeito Romeu Zanlorenzi. Na manhã desta quarta, Richa está em Palmeira, para as comemorações dos 191 anos da cidade.

No www.fabiocampana.com.br
Curitiba ganha o prêmio Globe Award, que elege a cidade mais sustentável do mundo

Curitiba ganhou o prêmio Globe Award Sustainable City, que elege a cada ano a cidade mais sustentável do mundo. O prêmio é organizado pelo Globe Forum, da Suécia. "O desenvolvimento sustentável é um dos grandes desafios da atualidade e do futuro do planeta. Este prêmio é um reconhecimento internacional às ações de Curitiba em prol da sustentabilidade", disse o prefeito Luciano Ducci, que receberá o prêmio no dia 29 de abril, em cerimônia no Museu Nórdico de Estocolmo. Eleição de Curitiba foi unanimidade entre os jurados.

O objetivo do prêmio é destacar cidades com excelência em desenvolvimento urbano sustentável e torná-las exemplos positivos para outras cidades. Além de Curitiba, as finalistas eram Sydney, na Austrália; Malmö, na Suécia; Murcia, na Espanha; Songpa, na Coreia do Sul; Stargard Szczecinski, na Polônia. Este é o segundo prêmio mundial vencido por Curitiba neste ano. Em janeiro, a cidade ganhou o Sustainable Transport Award, em Washington, pela implantação da Linha Verde.

"Eu parabenizo Curitiba por este prestigiado prêmio de cidade mais sustentável de 2010. É uma vencedora muito sólida, com um plano holístico que integra todos os recursos estratégicos conectados com inovação e sustentabilidade futura", disse Jan Sturesson, presidente do comitê de jurados do Globe Award.

"O comitê reconhece, por unanimidade, que Curitiba demonstrou grande profundidade no nível de entendimento da essência para o desenvolvimento sustentável de uma cidade, nas políticas públicas e na implementação das ações", afirmou em nota oficial o comitê de jurados.

Afirmou ainda o comitê: "Particularmente, a abordagem holística com que a cidade encarou os desafios da sustentabilidade é bem delineada e gerenciada numa clara demonstração de forte e saudável participação da comunidade e integração da dimensão ambiental com as dimensões intelectual, cultural, econômica e social."

O júri avaliou itens como preservação de recursos naturais; bem-estar e relação social nas cidades; inteligência e inovação nos projetos e programas; cultura e lazer; transporte; confiança no setor público e gerenciamento financeiro e patrimonial.

O júri é formado por Jan Sturesson, do World Economic Forum, na Suécia; Lawrence Bloom, membro do Programa Ambiental da ONU; Marilyn Hamilton, fundador da Integral City Meshworks Inc.; C. S. Kiang, professor da Universidade de Pequim; Carlos Arruda, diretor de realações internacionais Fundaçao Dom Cabral.

"O processo de seleção dos finalistas foi um momento fantástico, com projetos surpreendentes e muito profissionais, de vários lugares do mundo. Desenvolvimento sustentável, com inovação e uma abordagem holística, veio para ficar, em benefício dos cidadãos do futuro", disse Jan Sturesson.

Além da premiação, Curitiba terá participação especial na Conferência Mundial de Sustentabilidade Globe Forum, que acontecerá em Estocolmo, nos dias 28 e 29 de abril. Curitiba terá um palestrante na sessão Inovação em Cidade Sustentável e um espaço para exibição de seus programas no salão de exposições da Conferência.

Curitiba também ganha dois anos como membro especial do Globe Forum, em 2010 e 2011, e destaque nas Conferências que acontecerão em Dublin, em novembro de 2010, e em Gdansk, em 2011.

No www.curitiba.pr.gov.br

terça-feira, 6 de abril de 2010

“O povo é sábio e o Paraná precisa que as pessoas sejam ouvidas”, diz Richa

Mais de 400 pessoas participaram em Pinhais da primeira das reuniões que estão sendo organizadas em todo o Paraná

Em audiência pública com cerca de 400 pessoas na noite desta segunda-feira (5), em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, o pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, Beto Richa, defendeu o diálogo permanente como base para a gestão pública. “O povo é sábio e o Paraná precisa que as pessoas sejam ouvidas”, afirmou Richa.

A audiência foi promovida pelo PSDB e pelo Instituto Teotônio Vilela. Participaram empresários e lideranças da área social. Foi a primeira das reuniões que estão sendo organizadas pelo PSDB em todo o Paraná, para debater idéias que farão parte do Plano de Governo a ser apresentado à sociedade paranaense. “Vamos reunir propostas que vão se somar às inúmeras boas ideias que estão surgindo em todas as regiões do Estado”, explicou Richa. “Como fizemos em Curitiba, vamos construir uma relação de confiança com a população do Paraná, respeitando o sagrado direito do cidadão de decidir sobre o seu futuro.”

Durante a reunião, foi apresentado um diagnóstico do Estado e, a seguir, o debate foi aberto. Entre as intervenções individuais, propostas para saúde, meio ambiente, segurança, educação, incentivo às microempesas e juventude.

Parcerias

Os participantes aprovaram a iniciativa. “Acho importante essa iniciativa de reunir boas ideias e compartilhar experiências de sucesso”, considerou o padre Zago, que apresentou o projeto realizado no Centro de Educação Profissional Comendador Umberto Scarpa. “Lá, preparamos adolescentes e jovens para o mercado de trabalho. Desde 2003, mais de 8 mil adolescentes e jovens passaram pelas nossas salas de aula”, contou o padre. O projeto mantém parcerias estratégicas com empresas da cidade, além do Senai e Senac. “Com as parcerias, conseguimos tudo”, resumiu Felipe Arns, um dos coordenadores do projeto.

Empresários

“Os empresários são a mola propulsora de qualquer economia. Como empresário, fico satisfeito em poder contribuir para a construção do plano de governo do PSDB”, disse o empresário e ex-governador do Paraná, João Elísio Ferraz de Campos.

Também participaram da audiência pública o senador Flávio Arns, o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, o deputado federal Affonso Camargo, o presidente do Instituto Teotônio Vilela Paraná, Fernando Ghignone, o presidente do PSDB de Pinhais, Heuler Giovanetti, e o médico e ex-vereador Marcos Ceschin.


No www.fabiocampana.com.br
Luciano Ducci prevê Betomania no Paraná

Luciano Ducci foi sabatinado pelas rádios na manhã desta segunda. Deu entrevista a Banda B, Clube e Bandnews. Falou dos desafios da gestão. “Manter os altos índices da administração municipal e cumprir os compromissos que faltam do Plano de Governo são os maiores desafios”, disse Luciano Ducci.

Sobre Beto Richa, o prefeito de Curitiba diz que está confiante, que Beto tem carisma, disposição e capacidade de diálogo para ouvir a população. “Beto já começou suas andanças pelo interior. As pessoas verão que ele tem um novo olhar, um novo jeito de propor as mudanças que o Paraná precisa. Tenho certeza que logo teremos uma Betomania em todo o Estado”, afirmou Luciano Ducci. À tarde, o prefeito fala com a CBN.


No www.fabiocampana.com.br